Newsletter:
Joomla Extensions powered by Joobi

Festa dos Santos Inocentes

28 de Dezembro de 2016

Festa dos Santos Inocentes
«Dá-nos a graça de não sermos indiferentes»

Oração Própria

Pai celestial,
crianças sofreram às mão de Herodes,
embora nenhum mal tivessem feito;
dá-nos a graça de não sermos indiferentes
perante a crueldade ou a opressão,
mas prontos a defender os fracos da tirania dos fortes.
mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Ámen

​                                      (in liturgia lusitana)

 

As crianças estão no coração de um dos maiores movimentos de pessoas na História. Uma em cada 45 crianças no mundo de hoje está em movimento. Podem ser chamadas de «refugiadas», «deslocadas» ou «migrantes». Mas primeiro e acima de tudo crianças são crianças. Não interessa de onde veem, não interessa quem são. Ponto.

As crianças não são responsáveis pelas bombas e balas, violência de gangues, culturas de descriminação e baixos salários que as afastam das suas casas. Mas são sempre as primeiras a serem afectadas pela guerra, mudanças climáticas e pobreza.

Eis uma estatística chocante : o número de crianças refugiadas cresceu 77% em cinco breves anos. Impressionante. A sua voz e os problemas que enfrentam devem ser ouvidos. É nossa obrigação fazer isso.

[Relatório da Unicef / setembro de 2016: http://www.unicef.pt/criancas-desenraizadas-relatorio-global/]

Leituras Bíblicas para a Festa dos Santos Inocentes: Jeremias 31,15-17 / Salmo 124 / I S. Pedro 4,12-16 / S. Mateus 2,13-18

Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica - Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por Luis Massa